Notícias

5 dicas infalíveis para memorização de leis

A memorização de leis pode ser uma das tarefas mais difíceis para quem estuda Direito. Por isso é, importante conhecer técnicas que ajudam nesse processo e aceleram o aprendizado.

Quer saber como facilitar a memorização de leis? Separamos 5 dicas que vão potencializar sua rotina de estudos. Confira!

1. Escreva ao estudar

Uma das técnicas de memorização mais eficientes consiste em escrever diversas vezes o que precisa ser decorado. A escrita, uma forma de estudo ativo, aciona uma região específica do cérebro associada ao aprendizado, o que torna a memorização mais fácil.

Outra dica é destacar as palavras-chave com outras cores, de preferência amarelo ou vermelho, pois são chamativas, ficam marcadas na memória e podem evitar o terrível branco na prova.

2. Ensine o que você aprendeu

Se você quer descobrir se aprendeu determinado assunto, tente explicá-lo para um amigo. Ao fazer isso, você fixa o que estudou, além de descobrir de forma prática o que não está conseguindo entender.

É interessante também montar um grupo de estudos. Dessa forma, cada um pode ficar responsável por uma parte do conteúdo e repassar o que aprendeu para os outros. Vale também explicar para si mesmo, de preferência em voz alta, pois a vocalização auxilia na memorização de leis.

3. Faça flash cards e mapas mentais

Flash cards são cartões feitos com cartolina, nos quais você escreve perguntas em um lado e as respostas no outro. Funciona como uma espécie de jogo desafiador em que você recebe uma pergunta sobre um conteúdo e deve respondê-la em seguida.

Essa técnica é muito prática, já que você pode utilizar os cartões em qualquer lugar, como na espera de uma consulta ou no transporte público.

Os mapas mentais também são uma ótima forma de praticar a memorização de leis. Depois de estudar o conteúdo, você pode resumi-lo em mapas sucintos e coloridos, que apresentam apenas os pontos importantes das leis. Isso também ajuda a entender a legislação e decorar o que é necessário.

4. Desenvolva memória fotográfica

Você já deve ter ouvido falar em pessoas que são capazes de gravar uma imagem na memória, mas você sabia que não precisa nascer com essa habilidade para desfrutar de suas vantagens?

Para desenvolver essa habilidade, é necessário que você pratique diariamente, com foco e persistência. Um exercício interessante é olhar para alguma imagem com muitos detalhes e em seguida tentar descrevê-la. Com muita prática, você é capaz de desenvolver essa habilidade extremamente útil na memorização de leis.

5.  Torne o processo de memorização de leis mais lúdico e motivador

Independentemente das técnicas de memorização de leis que você escolher, a chave para uma boa memorização é tornar o processo interessante, porque o cérebro tende a dar mais atenção aos assuntos desafiadores e motivadores.

Você pode utilizar música e compor alguns versos simples para fixar o conteúdo estudado e associá-los a uma melodia que já conheça, ou mesmo criar formas verbais mnemônicas. Ambos os métodos exigem memorização, seja na forma da letra da música ou nas falas do teatro.

É importante lembrar que o cérebro é muito complexo e que a eficácia de cada método pode variar de pessoa para pessoa.

Por isso, identifique seus pontos fortes e aplique a técnica de estudo que você se adapta melhor. Se você tem mais facilidade para aprender visualmente, por exemplo, escreva o conteúdo em cores diferentes; se possui uma memória auditiva, leia em voz alta o que está estudando.

E você, o que achou dessas dicas para memorização de leis? Conte para gente quais são seus métodos de estudos, deixe um comentário!

Mais notícias

Dez cursos técnicos para estudar de casa
Mais de 100 cursos online da FAESDE para fazer durante a quarentena
Tudo o que você precisa saber sobre EAD
7 motivos para fazer um curso a distância em 2020

Receba os nossos informativos

Fique por dentro das novidades na Faesde e receba dicas exclusivas para o mercado de trabalho.