Notícias

Cursos Técnicos: por que eles são tão valorizados hoje em dia?

Nem sempre a graduação é o primeiro passo dado pelos estudantes na vida acadêmica. Prestar vestibular pode ser o caminho mais comum depois do ensino médio, mas os cursos técnicos também são uma boa opção quando os objetivos são mais específicos — o ingresso no mercado de trabalho, por exemplo.

Apesar de não ser um curso superior, a formação técnica é a ideal para quem tem pressa de conseguir um trabalho. Com duração menor que as graduações, ela entrega profissionais qualificados às empresas e tem se mostrado uma ótima aliada em tempos de crise e desemprego.

A verdade é que, enquanto alguns setores estão sem vagas de emprego, as oportunidades que exigem nível técnico continuam crescendo nos mais diversos setores. A justificativa das empresas para esse cenário é bem objetiva: necessidade de mão de obra especializada.

Quer saber por que eles são tão procurados hoje em dia? Então continue lendo este post!

Cursos técnicos: 5 motivos para valorizá-los

Por uma série de fatores que vamos mostrar ao longo deste texto, a cada ano a formação técnica lota salas de aulas — presenciais e online — em todo o país. Seja durante ou após a conclusão do ensino médio, jovens ingressam nas escolas em busca de uma formação capaz de abrir as portas para bons empregos e torná-los verdadeiros especialistas, mesmo em início de carreira.

Assim, os cursos técnicos das mais variadas áreas vêm ganhando o respeito de estudantes e empresas. É pelos motivos abaixo que escolher um curso técnico deixou de ser opção de quem não tinha oportunidade de fazer uma faculdade e passou a ser a prioridade de muitas pessoas.

1. Menor tempo de duração

Nem todo mundo quer entrar na faculdade depois do ensino médio. Muitas vezes, optar por uma formação com menor tempo de duração é a saída mais sensata para entrar no mercado de trabalho e, só então, investir em uma graduação.

Não existe uma carga horária padrão quando se fala em cursos técnicos. Eles obedecem à quantidade de horas-aula específicas para a área de estudo desejada. Isso é um atrativo e tanto para quem não quer esperar quatro anos ou mais para conseguir um emprego, uma vez que, além da menor duração, eles são conhecidos pela alta empregabilidade e praticidade.

Segundo o especialista em gestão de pessoas Antônio Carlos de Figueiredo, uma das vantagens mais marcantes dos cursos técnicos é o tempo. Com apenas 17 anos o aluno começa a se tornar um profissional com grandes chances de ingressar no mercado e ter a própria independência em pouco tempo.

2. Alta empregabilidade

Não é segredo para ninguém que o certificado técnico abre portas para o mercado de trabalho. Como são profissionalizantes, esses cursos formam profissionais especialistas — que, por usa vez, são muito visados pelas empresas até mesmo antes de concluir o curso.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Ibope a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI), 70% dos estudantes de cursos técnicos conseguem emprego após um ano de conclusão do curso. Para alguns empregadores, é melhor investir em um funcionário que tem conhecimentos práticos e profundos na área que a empresa atua, mesmo que ele não possua nível superior.

O retorno para a empresa é mais rápido e, em contrapartida, o funcionário conquista um salário atraente no início da carreira. É uma relação que beneficia ambos e valoriza esse tipo de curso.

3. Salários acima da média

Talvez você não saiba, mas os salários em diversas áreas da carreira técnica são mais que atrativas ­— dependendo do segmento, podem superar até mesmo algumas áreas da graduação.

Uma pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostrou que cada ano de estudo a mais equivale a um aumento médio de 15,07% no salário. Isso mostra que estudar é sempre um bom investimento, independentemente de ser nível técnico ou superior.

Nos últimos anos, as carreiras técnicas têm recebido uma grande valorização e isso se aplica também ao salário. As organizações estão dispostas a investir mais no funcionário que já vem preparado, com aulas práticas focadas naquilo que realmente interessa.

Além disso, não é necessário esperar a formação desses estudantes, pois é muito comum a contratação acontecer após o estágio ou até mesmo durante o curso.

4. Mais conhecimento na área de atuação

Não são apenas os alunos recém-formados no ensino médio que resolvem fazer um curso técnico. Graduados em diversas áreas também escolhem esse caminho com a finalidade de agregar conhecimento em sua área de atuação.

Além de ter disciplinas mais práticas, o estudante técnico obrigatoriamente faz estágio durante o curso e isso possibilita ter contato com a área de formação escolhida. Isso é perfeito para alunos que ainda não fizeram curso superior, mas já decidiram qual faculdade cursar.

5. Valorização do currículo

Segundo pesquisa realizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAI), ter um diploma técnico valoriza o currículo e aumenta a renda do trabalhador em até 24%.

Esse motivo leva muitas pessoas a optar pelo nível técnico e até mesmo pela dupla formação. Já pensou em deter conhecimentos teóricos e práticos em determinada área, além de experiência de estágio oferecida nas empresas? Com certeza será um diferencial perfeito para sair na frente da concorrência.

6. Profissionais qualificados

A formação técnica não é valorizada apenas por quem encontra nela oportunidades de ascensão profissional e melhores salários. As organizações também dão um grande valor a esse tipo de ensino. E o grande motivo é porque prepara profissionais muito competentes em pouco tempo.

Além do mais, existem áreas com pouca oferta de trabalhadores preparados, como é o caso de cursos nas áreas de Petróleo e Gás e Eletrotécnica. São segmentos que necessitam de mão de obra específica que só o ensino técnico vai oferecer.

É por essas e outras coisas que a carreira técnica é tão importante hoje em dia. Seja pela empregabilidade ou pelo acúmulo de competências, os jovens se sentem cada vez mais atraídos por pelos cursos desse nível.

Restou alguma dúvida sobre o valor dos cursos técnicos? Leia também se vale a pena fazê-los e entenda mais sobre o assunto!

Mais notícias

Dez cursos técnicos para estudar de casa
Mais de 100 cursos online da FAESDE para fazer durante a quarentena
Tudo o que você precisa saber sobre EAD
7 motivos para fazer um curso a distância em 2020

Receba os nossos informativos

Fique por dentro das novidades na Faesde e receba dicas exclusivas para o mercado de trabalho.