Notícias

Aprendizado rápido: 5 cursos de extensão para professores

Trabalhar com educação requer atualizações constantes nos métodos de ensino para conseguir a devida atenção dos alunos, além de transferir o conhecimento de forma clara, objetiva e bem educativa.

Por isso, fazer um curso de extensão é um investimento em sua carreira, já que enriquecerá seu currículo e lhe ajudará a atingir novos patamares em sua profissão. Os cursos funcionam como uma reciclagem de conteúdos já vistos anteriormente e proporcionam novas visões e aprendizagens de assuntos específicos da sua área.

Pensando nisso, trouxemos 5 tipos de cursos de extensão que podem direcionar suas escolhas de estudo para você conquistar um novo aprendizado. Acompanhe o post!

1. Alfabetização e letramento

A principal função do professor é ser um mediador no momento de adquirir conhecimento. Por causa disso, é importante que o educador esteja sempre em contato com diversos tipos de linguagens, técnicas, ideias e aprendizagens.

Fazer um curso que tenha como foco Alfabetização e letramento, por exemplo, é uma maneira de ampliar e aprofundar formas de ensino na educação infantil e ensino fundamental. Afinal, o gosto pelo conhecimento se dá nos primeiros contatos com o aprendizado.

2. Ensino de pessoas com necessidades especiais

A diversidade presente na sociedade é bem visível nas escolas, estimuladas por leis de inclusão e por pais cada vez mais informados e conscientes das necessidades de seus filhos. Por isso, é interessante investir em um curso de extensão para professores que possa te ajudar a resolver possíveis diferenças em sala de aula.

A educação de surdos e a língua brasileira de sinais e Educação especial e inclusiva  são exemplos de cursos que permitem o aprofundamento do professor no ensino para surdos e portadores de deficiência mental, respectivamente.

3. Educação a distância

As ferramentas tecnológicas disponíveis atualmente precisam ser incluídas nas técnicas de ensino para tornar suas aulas ainda mais dinâmicas e interessantes. Mas não é apenas assim que elas podem ser utilizadas. A ampliação dos programas oferecidos a distância mostra uma tendência na educação atual, e tem suas particularidades pedagógicas.

Fazer um curso de extensão voltado para o Ensino a distância possibilita a utilização dessa ferramenta em sua amplitude e a compreensão das técnicas e aplicações dessa modalidade de ensino.

4. Psicologia da educação

Entender sua área de atuação e conseguir relacioná-la com outras áreas é importante para que você tenha uma visão geral da educação.

Investir em um curso de Psicologia da educação pode ampliar seus conhecimentos em áreas além daquelas que você já estudou, e abre uma nova possibilidade de atuação na área educacional que não é, necessariamente, voltada à docência.

5. Metodologias e práticas educativas

Você pode optar por um curso de Metodologias e Práticas Educativas, que além de aprofundar nas práticas e fundamentos educativos, proporciona ao professor a plena consciência dos métodos aplicados em sala de aula e seus efeitos na aprendizagem dos alunos.

Fazer um curso de extensão pode parecer complicado para quem já tem uma rotina de trabalho, porém, há bons cursos em períodos de tempo mais curtos – entre 6 e 8 meses – para lhe ajudar a conquistar novas oportunidades no mercado. Não se esqueça de conferir se a instituição de ensino escolhida é reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação).

Então, preparado para fazer algum dos cursos de extensão para professores acima? Compartilhe este texto em suas redes sociais para que seus colegas possam conhecer também essas opções!

Mais notícias

Dez cursos técnicos para estudar de casa
Mais de 100 cursos online da FAESDE para fazer durante a quarentena
Tudo o que você precisa saber sobre EAD
7 motivos para fazer um curso a distância em 2020

Receba os nossos informativos

Fique por dentro das novidades na Faesde e receba dicas exclusivas para o mercado de trabalho.